Você sabe quais são as semelhanças e as diferenças da CPA-10 e CPA-20?

Muitos profissionais que querem ter uma certificação financeira têm dúvidas sobre a CPA-10 e a CPA-20. De fato, as duas certificações têm muitas semelhanças, mas, da mesma maneira, tem pontos que as diferenciam. Se você tem dúvidas sobre qual das duas certificações é a indicada para você, continue lendo! Aqui apresentaremos as semelhanças e as diferenças da CPA-10 e da CPA-20.

SEMELHANÇAS DA CPA-10 E CPA-20

Em primeiro lugar, vale saber que as duas certificações são da Anbima, que é a associação responsável por representar bancos e outras instituições do setor financeiro. Desta forma, as duas certificações servem para demonstrar que os profissionais estão preparados para trabalhar com o mercado financeiro.

Além disso, tanto a CPA-10 quanto a CPA-20 são destinadas ao mesmo perfil de profissionais: trabalhadores de instituições financeiras ou trabalhadores e estudantes de autarquias ou órgãos públicos. Mas, afinal, quais são as diferenças das duas certificações? Falaremos disso agora!

DIFERENÇAS DA CPA-10 E CPA-20

A CPA-10 certifica os profissionais que trabalham com a prospecção e com a venda de produtos de investimento e que têm contato direto com o público. Por sua vez, o CPA-20 certifica profissionais que lidam com a venda de produtos de investimento e com a manutenção de carteiras em segmentos de alta renda,  private banking, corporate e investidores institucionais, em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

Vale saber que o profissional que tem a CPA-20 pode exercer todas as atividades que a CPA-10 abrange. Sabendo disso, pode-se dizer que a CPA-10 é procurada principalmente por quem quer começar uma carreira no mercado financeiro. Ter essa certificação é uma boa maneira de, por exemplo, ingressar em um programa trainee. Porém, quem já trabalha no setor costuma estudar direto para a CPA-20, já que essa certificação tem mais valor. 

COMO É O EXAME?

O exame da CPA-10 e da CPA-20 são bem parecidos. Ambos são feitos pelo computador, com data e horário escolhidos pelo candidato e exigência de pelo menos 70% de acertos para a aprovação. A duração do exame do CPA-10 é de 2h, com 50 questões. Já o CPA-20 dura 2h30 e tem 60 questões.

QUAL É O CONTEÚDO DE CADA CERTIFICAÇÃO?

Embora existam semelhanças entre os conteúdos cobrados nos exames da CPA-10 e da CPA-20, também existem diferenças, exigindo que o candidato se prepare especificamente para aquela prova. Veja a seguir os conteúdos de cada certificação:

CPA-10

  • Sistema Financeiro Nacional
  • Ética, regulamentação e Análise do Perfil do Investidor
  • Noções de Economia e Finanças
  • Princípios de Investimento 
  • Fundos de Investimento
  • Instrumentos de Renda Fixa e Renda Variável 
  • Previdência Complementar Aberta: PGBL e VGBL

 CPA-20

  • Sistema Financeiro Nacional e Participantes
  • Compliance legal, ética e Análise do perfil do investidor 
  • Princípios Básicos de Economia e Finanças
  • Instrumentos de Renda Variável, Derivativos e Renda Fixa
  • Fundos de Investimentos
  • Previdência Complementar Aberta: PGBL e VGBL 
  • Mensuração e Gestão de Performance e Risco 

Agora que você já sabe as semelhanças e as diferenças entre as duas certificações, poderá optar pela que se aproxima mais dos seus objetivos. Vale lembrar que a CPA-20 abrange as atividades da CPA-10, tornando-se uma alternativa bem interessante para quem trabalha no mercado financeiro. 

Rafael Toro

Rafael Toro

CEO e sócio fundador da Academia Rafael Toro