Você conhece os principais indicadores econômicos? Descubra aqui!

Quem estuda para uma certificação financeira sabe sobre a importância de dominar os termos do mercado financeiro. Afinal, eles são importantes não apenas para a aprovação, mas também para a rotina de trabalho no setor. Você conhece os principais indicadores econômicos? Descubra aqui os principais: 

Produto Interno Bruto (PIB)

Sem dúvidas, o PIB é o indicador econômico mais lembrado. Mas o que exatamente ele representa? Pois bem, o PIB nada mais é do que a soma de todos os bens e serviços finais produzidos em uma certa região durante um determinado período de tempo. Desta forma, ele consegue quantificar a atividade econômica daquele lugar. 

Taxa Selic

Vale saber que Selic refere-se a Sistema Especial de Liquidação de Custódia. Com isso, fica mais fácil de entender que ela serve para precificar o dinheiro, manter o volume de moeda em circulação e controlar a inflação. Essa taxa tem duas modalidades: a Selic-Meta, estabelecida pelo Copom, e a Selic-Over, que é a média das operações que usam a Selic.

Taxa DI

A Taxa DI está associada ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI) e serve como parâmetro para entender os juros e a rentabilidade das operações financeiras. Ela costuma ser analisada na hora de escolher entre as opções de investimento oferecidas pelos bancos ou corretoras. 

Taxa Referencial

A Taxa Referencial (TR), por sua vez, serve de referência para as outras taxas de juros do Brasil. Embora a Taxa Selic também assuma essa função, a TR é utilizada como parte da indexação de ativos como títulos de capitalização, poupança e fundo de garantia, por exemplo.

PTAX 

Nem todo mundo conhece a PTAX, mas ela é essencial para quem lida com o mercado cambial. Essa taxa de câmbio é usada como referência para a cotação do dólar no Brasil, utilizando como parâmetro as taxas informadas pelas instituições financeiras que fazem o meio de campo entre o Banco Central e o mercado aberto.

Índices de Inflação

Existem dois índices de inflação que devem ser considerados. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresenta a variação de preços de produtos e serviços para o consumidor final, enquanto o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) assume um papel de indicador macroeconômico ao apresentar a inflação nos diferentes setores da economia. 

Taxa de Longo Prazo 

Por fim, a Taxa de Longo Prazo (TLP) foi criada em 2018 e adotada pelo BNDES como taxa de juros para os empréstimos. Ela entrou no lugar da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) e serve como um dos componentes que formam a taxa de juros final praticada pelas instituições bancárias.Como você pode ver, compreender os termos do mercado financeiro exige muita dedicação. A boa notícia é que o conteúdo cobrado pela prova da certificação não se perde: segue relevante na atuação dos profissionais do setor. Por isso, vale se aprofundar para ter esse conhecimento na palma da mão! Se você quer saber tudo sobre o PIB, assista esse vídeo.

Rafael Toro

Rafael Toro

CEO e Sócio fundador da Academia Rafael Toro