Como estudar em tempos de pandemia? Confira 3 dicas

Desde março, quando a pandemia do COVID-19 chegou ao Ocidente, a rotina de estudo e de trabalho de bilhões de pessoas tem passado por muitas transformações. Em pouco tempo, as pessoas tiveram que adaptar o seu dia a dia para trabalhar e estudar a partir de casa, dividindo o espaço com familiares. 

Quem estuda para uma certificação financeira está lidando com o desafio de manter a carga horária de trabalho em bancos e instituições financeiras e de adequar essa rotina ao ambiente de casa, com cônjuges trabalhando de forma remota, filhos vendo as aulas pelo computador, etc.

Manter a determinação em tempos de pandemia não é uma tarefa fácil. No entanto, com algumas adequações é possível continuar com a rotina de estudos para a tão sonhada certificação. Se você quer saber como estudar em tempos de pandemia sem perder a saúde mental, confira essas 3 dicas:  

1. ALINHE SUAS EXPECTATIVAS

Antes de mais nada, é fundamental alinhar as expectativas. Esse é um momento diferente de todos aqueles que você já viveu, e é provável que seus estudos não rendam como antes. Dificilmente você conseguirá ter longas horas de estudo sem interrupção de quem mora com você ou até mesmo sem que bata a ansiedade.

Esse momento tem exigido muito equilíbrio de todo mundo e nem sempre é possível evitar que o desespero apareça. O melhor é alinhar as suas expectativas em relação aos estudos e ter em mente que estudar um pouco já é melhor do que não estudar nada. 

2. LEMBRE-SE QUE É TEMPORÁRIO

A pandemia está se prolongando, mas não vai durar para sempre. Em algum momento a vacina sairá e a rotina voltará ao normal – ou, como dizem, ao novo normal. Embora não seja fácil dar conta dos sentimentos que esse momento desperta, ele serve como um treinamento, já que na vida profissional nem tudo são flores.

Se ainda assim for difícil manter o foco, existe a alternativa de esperar alguns meses para retomar os estudos. No entanto, o ideal é não abandonar o material, pois na hora do retorno o desafio será maior. Estudar aos poucos, conforme o seu limite, pode ser uma boa opção.

3. CONVERSE COM QUEM MORA COM VOCÊ

Na maior parte dos lares, as famílias estão se dividindo entre computadores para dar conta dos compromissos de trabalho e de estudos. E não está fácil para ninguém! Que tal conversar abertamente com quem mora com você? Compartilhar os problemas e as soluções pode ser um bom caminho! 

Com diálogo, você poderá explicar em que momentos precisa da colaboração de seus familiares e também conseguirá entender em que pontos pode contribuir com eles. Afinal, todos estão precisando de colaboração, né?

A falta de previsão sobre o fim da pandemia mexe com a cabeça de todo mundo. No entanto, o estudo para a certificação financeira precisa ser conduzido de forma leve e natural. Do contrário, os obstáculos vão parecer maiores do que os benefícios da conquista!

Rafael Toro

Rafael Toro

CEO e Sócio fundador da Academia Rafael Toro